Nazarenos petulantes e incoerentes

ago 14, 2016Pastores, Vlademir Hernandes0 Comentários

Em um sábado qualquer numa sinagoga de Nazaré, depois que Jesus lê uma profecia messiânica de Isaías e reivindica que a mesma se cumprira nele próprio, os seguintes fatos ocorrem:

…Todos na sinagoga tinham os olhos fitos nele…. Todos falavam bem dele, e estavam admirados com as palavras de graça que saíam de seus lábios. Mas perguntavam: Não é este o filho de José? Jesus lhes disse: É claro que vocês me citarão este provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo! Faze aqui em tua terra o que ouvimos que fizeste em Cafarnaum. Continuou ele: Digo-lhes a verdade: Nenhum profeta é aceito em sua terra…Todos os que estavam na sinagoga ficaram furiosos quando ouviram isso. Levantaram-se, expulsaram-no da cidade e o levaram até ao topo da colina sobre a qual fora construída a cidade, a fim de atirá-lo precipício abaixo.” (Lc 4:21-24 e 28-29)

O já famoso carpinteiro, cujo ensino extraordinário e sinais maravilhosos impactavam toda a Galiléia, quando vai ensinar na cidade onde sempre morou, se depara com uma sequência bizarra de atitudes: de elevada expectativa, atenção, elogio, deslumbramento e reconhecimento da qualidade do seu ensino, para desprezo, questionamento, desafio insolente, rejeição, culminando em fúria assassina.

Em poucos instantes aqueles nazarenos petulantes, incoerentemente oscilaram entre extremos opostos. Ao longo da história até os dias de hoje, tanto dentro quanto fora da igreja, as atitudes em relação a Jesus têm sido diversificadas, surpreendentes e não poucas vezes antagônicas e incoerentes como naquela ocasião.

Sempre há aqueles que, contrariando previsões, rejeitam a oferta de salvação depois de um empolgante interesse inicial pelo Evangelho. Há os que admiram seu ensino ético mas rejeitam sua divindade e obra expiatória. Há aqueles que parecem aceitá-lo como salvador, mas com o tempo se desviam tornando-se críticos ferrenhos e até blasfemos impetuosos. Há muitos que o confessam como senhor e salvador, mas vivem de modo que tal confissão não faz a menor diferença em suas vidas. Há os que se apresentam como cristãos, mas desprezam a Sua vontade, e o desobedecem sem o menor temor. Há ainda os cristãos predominantemente apáticos na comunhão com Ele, mas sempre ávidos pelo Seu favor.

Que o Senhor nos livre da petulância e da incoerência! Que nossas posturas em relação a Jesus sejam sempre compatíveis com a honra da qual nosso senhor e salvador é digno!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquivos

Autor

Comentários

Imediatismo

Como os dias são corridos e acelerados. Essa é uma observação quase que comum em nossos dias. Mas será que as 24hs do dia estão passando mais rápido do que antigamente? Não é essa a questão, mas vivemos na “cultura do imediatismo”, expressão cunhada por Douglas...

|maio 26, 2024

Futilidade ou bênção?

Como estão seus planos e projetos? Quão necessário é reconhecer que é inútil preparar um projeto ou buscar mantê-lo a não ser que o Senhor abençoe esse nosso trabalho e esforço. Nos primeiros dois versos do Salmo 127, o salmista considera a futilidade do trabalho...

|maio 19, 2024

Processo de sucessão

Como todos devem saber, estamos no processo de definir o futuro Pastor Líder da Fonte, que assume esta posição em Julho de 2030. Temos documentado processo, perfil, decisões, cronologia e todo o material está no link igrejafonte.org.br/sucessao/ Depois de definido...

|maio 12, 2024

Útil para o ministério

No último parágrafo do último capítulo do último livro do apóstolo Paulo, Timóteo é exortado e aconselhado sobre 4 tipos de pessoas que são encontradas no serviço ao Senhor. O primeiro está em 2 Timóteo 4:9 e é representado por Demas. Ele fora um cooperador do...

|maio 5, 2024

Esperança na Profundeza

Os dois primeiros capítulos do livro do profeta Jonas mostram como a sua vida se afundou cada vez mais, na medida em que desejava fugir do Senhor. É certo que a tentativa de fuga de Deus é vã, pois até mesmo no mais profundo do abismo, Deus lá estará (Sl 139.8)....

|abr 28, 2024

O Libertador Prometido

Ao considerarmos o Pentateuco, frequentemente observa-se certo desânimo diante das diversas leis e genealogias, desviando alguns de ênfases teológicas cruciais presentes no texto. Entre elas, destaca-se a figura do Libertador, prenunciado como aquele que surgiria...

|abr 21, 2024

Perdão Medicinal

"Porque, se perdoarem aos outros as ofensas deles, também o Pai de vocês, que está no céu, perdoará vocês; se, porém, não perdoarem aos outros as ofensas deles, também o Pai de vocês não perdoará as ofensas de vocês." Mt 6:14-15. Esta declaração do Senhor é tão...

|abr 14, 2024

A Bíblia fala sempre

Passam os séculos e a nossa fé continua a ser constantemente atacada. Isto não é novidade para aqueles que conhecem a Bíblia desde Gênesis. Seria comum atribuirmos estes ataques a pessoas avessas às nossas crenças; entretanto, o problema maior é quando Satanás usa...

|abr 7, 2024

“Terrível e Maravilhoso”

A morte e ressurreição de Jesus Cristo nos conduzem a uma narrativa que aponta para um paradoxo, onde o terrível horror da traição, condenação e morte de Cristo se entrelaça com as maravilhosas manifestações do poder e da graça divina. Uma história marcada por...

|mar 31, 2024